quinta-feira, 29 de maio de 2008

... busca

Vivo com um pé no sonho
Vivo com um braço no amanhã
Busco o que nunca encontro
Encontro o que nunca procuro
Acho a vida
Encontro a morte
Busco o tempo
Encontro a eternidade
Sinto a brisa
O vento me leva
Tomo o tempo
em doses de elixir
Magia?

Um comentário:

xuxa 33 disse...

Celso querido!
Continue buscando...
Sua alma de poeta até poderá não encontrar o que procura, mas nós sempre seremos brindados com sua pérolas enquanto vc procura...
Luz e paz!
Bjs!
Bárbara